Coordenação Sindical dá prosseguimento às visitas a escolas da rede

Conforme decidido na última assembleia sindical, realizada em abril, a coordenação do Sinprosm vem realizando visitas a escolas da rede, para ouvir sua base e colher sugestões, críticas e ideias.

Na quarta-feira, dia 15, os coordenadores estiveram na EMEF Renato Nocchi Zimmermann, em Camobi, junto com representantes das EMEFs Diácono João Luiz Pozzobon, Júlio do Canto, Vincente Farencena, Lívia Mena Barreto e Lourenço Dalla Corte. Os professores da Zona Leste discutiram a mobilização da categoria e métodos de luta por cada uma de suas pautas. Além disso, a falta de professores que a rede também foi tema da conversa.

Na quarta-feira da semana passada, dia 22, o encontro ocorreu na EMEF Adelmo Simas Genro, na Nova Santa Marta, com a presença de professores e da equipe gestora da EMEF Martinho Lutero. Os professores mostraram-se bastante preocupados com a gradual perda de direitos que os trabalhadores em educação brasileiros têm enfrentado. A assessoria jurídica, representada pelos advogados Vitor e Francisco, explicaram aos presentes a tramitação das ações coletivas e individuais pelo pagamento do Piso, a ação que o sindicato move contra Prefeitura Municipal, Instituto de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Municipais – IPASSP-SM e Unimed, pedindo a solução do problema do alto custo do plano de saúde dos municipários e responderam outras dúvidas da vida funcional apresentadas pelos professores.

No dia seguinte, quinta (23), a coordenação promoveu uma visita em dois turnos à EMEF Dom Antônio Reis. Pela manhã, a pauta da saúde foi central no debate. Professoras relataram casos de mau atendimento no plano privado subsidiado pela prefeitura. A coordenação encaminhará documento oficial ao IPASSP-SM, pedindo um posicionamento sobre os casos.

No turno da tarde, a conversa girou em torno da importância da participação dos gestores escolares na luta da categoria. Discutiu-se também a importância do planejamento e das reuniões pedagógicas na qualidade do trabalho docente.

Nesta quarta-feira (29), não ocorrerão visitas às escolas devido à assembleia sindical, que ocorrerá a partir das 17h, no Clube Comercial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *