Luta contra Reforma da Previdência reúne centenas em Santa Maria

Na tarde desta quarta-feira, centenas de pessoas participaram do Ato contra a Reforma da Previdência em Santa Maria. O movimento reuniu-se na Praça Saldanha Marinho e caminhou pelas ruas da cidade, com caminhão de som e panfletagem contra a PEC 287, proposta por Michel Temer.

As mudanças da Reforma da Previdência atingem todos os trabalhadores brasileiros, inclusive os funcionários públicos. Além do aumento da idade mínima de aposentadoria para 65 anos, tanto para homens quanto para mulheres, e o aumento do tempo mínimo de contribuição de 15 para 25 anos, a Proposta de Emenda à Constituição 287 acaba também com a aposentadoria especial, o que afeta diretamente os profissionais do Magistério.

Fizeram parte do ato trabalhadores de diversas categorias profissionais, entre eles os professores da rede estadual – que entraram em greve neste 15 de março. Além dos professores municipais, estaduais e federais, também fizeram parte servidores públicos de diversos órgãos, trabalhadores do setor privado e estudantes.

Na rede municipal de educação, mais de 20 escolas paralisaram suas atividades no dia de ontem, como a EMEF junto ao CAIC, Fontoura Ilha, Irmão Quintino, Perpétuo Socorro, Oscar Grau, Hylda Vasconcellos, Pinheiro Machado, Alfredo Winderlich, Pão dos Pobres e Aracy Barreto Sacchis.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *