Mobilização marca cinco anos sem piso salarial dos professores em Santa Maria

Os professores municipais de Santa Maria paralisaram atividades nesta terça-feira (13) em defesa da educação pública de qualidade. A mobilização aconteceu ao lado da prefeitura, onde a classe se utilizou de ironia para registrar os cinco anos sem o pagamento do piso salarial nacional no município: um bolo de aniversário foi distribuído aos presentes, transeuntes e, por último, na portaria do centro administrativo para que fosse entregue ao prefeito Jorge Pozzobom (PSDB).

“Na verdade quem está de parabéns é a categoria dos professores municipais, que tem recebido salário abaixo do piso, sem reajuste no auxílio-alimentação, sem carga-horária de planejamento, sem respostas de quem governa e sem esmorecer na sua missão de educar”, ilustrou a coordenadora de comunicação e formação sindical do Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria, Celma Pietczak.

A mobilização faz parte da Paralisação Nacional em Defesa da Educação, convocada pelas centrais sindicais. Após o ato, os professores dirigem-se à Praça Saldanha Marinho e somam-se às demais entidades na mobilização contra os cortes no orçamento, reforma da previdência e o desemprego.

Professora de educação infantil protesta contra a reforma da previdência

Texto e foto: Paulo André Dutra/Sinprosm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *