Prefeitura anuncia reposição de 10,67% e coordenação do Sinprosm chama nova assembleia

A decisão foi publicada no final da tarde de ontem: o Executivo aumentará o salário dos municipários – incluindo magistério – em 10,67% retroativos a março deste ano. O valor representa o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo, um número que representa a inflação média para determinados segmentos sociais) de 2015. O pagamento acontecerá em duas parcelas: 5,67% em abril e 5% em julho. O aumento é inferior aos 18,24% reivindicados pelos professores desde o começo do ano – e o Sinprosm sequer foi comunicado formalmente da decisão.

A coordenação do sindicato, em face a essa notícia, decidiu manter a “auto-agenda” – que consiste em uma ocupação, por parte da coordenação do Sinprosm, do saguão do gabinete de Cezar Schimer, até que o prefeito atenda às solicitações de negociação. A direção sindical convoca mais uma assembleia extraordinária para analisar o novo cenário e deliberar coletivamente as futuras mobilizações. O evento acontece na próxima quinta-feira, dia 7 de abril. Local e horário serão confirmados em breve.

Além da equiparação ao Piso Nacional do Magistério, os professores municipais reivindicam também uma solução para o problema do plano de saúde dos municipários e a garantia do direito às horas-planejamento e às reuniões pedagógicas semanais dentro da carga horária de trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *