Professores municipais aprovam agenda de mobilizações no mês de setembro

A decisão ocorreu na tarde da quinta-feira (20), durante a assembleia do Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria – Sinprosm. A ideia é que cada zona da cidade – norte, sul, leste e oeste – realize uma caminhada pela educação pública municipal em uma semana do mês de setembro, chamando a atenção da comunidade para a atual situação da categoria.

Os professores deliberaram também três outras formas de mobilização: uma campanha publicitária de valorização profissional e cobrança de melhorias por parte do poder público; um concurso de produção de faixas com frases de mobilização; e uma audiência pública na Câmara de Vereadores reunindo o Legislativo, o Executivo, o Instituto de Previdência e Assistência à Saúde do Servidores Públicos Municipais (IPASSP-SM) e a categoria. Após a realização desses atos, planeja-se a realização de outra assembleia sindical no começo de outubro, para deliberar as próximas ações. As propostas apresentadas pelo Sinprosm e votadas na assembleia foram construídas em reuniões com representantes das escolas em conjunto com a coordenação sindical.

A mobilização se deve, sobretudo, a duas reivindicações da categoria: o reajuste salarial mínimo de 6,6% para equiparação ao Piso Nacional do Magistério, que neste ano teve um acréscimo de 13,01% – a Prefeitura concedeu, até este momento, apenas 6.41% de reposição referentes à inflação do ano de 2014; e uma solução para os problemas de assistência à saúde vividos pelos servidores municipais. Hoje, os trabalhadores têm convênio com a Unimed através do IPASSP-SM, mas os valores cobrados são incompatíveis com a renda média e portanto inviabilizam o seguro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *