Sinprosm busca informações sobre IPE Saúde

Plenária CPERS em Cachoeira do Sul (Créditoc - Imprensa CPERS)

A possibilidade de adesão do funcionalismo público municipal ao plano de saúde do IPE-Saúde levou a coordenação do Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria (SINPROSM) a participar nesta segunda-feira (11/12) da Plenária Macrorregional do CPERS/Sindicato em Cachoeira do Sul que discutiu os projetos de reestruturação do Instituto de Previdência do Estado (IPERGS) em tramitação na Assembleia Legislativa. Representando o SINPROSM estiveram presentes as coordenadoras de Patrimônio e Organização, Martha Najar, e dos Professores Aposentados, Vera Terezinha Monte.

Os cinco projetos do Governo do Estado que tramitam no Legislativo modificam a estrutura do órgão, sendo o mais importante deles o que separa o Instituto em duas autarquias, IPE Prev e IPE Saúde. No que se refere ao plano de saúde, pauta prioritária da coordenação do SINPROSM, a adesão de novos municípios está congelada pelo Governo do Estado até que a reestruturação seja efetivada. A preocupação de todos, no entanto, é quanto à boa prestação de serviço tanto para servidores estaduais quanto municipais. “Em nenhum momento os projetos deixam claro de que forma haverá melhoria no atendimento”, entende Martha Najar.

O presidente do Conselho Deliberativo do IPE, Luís Fernando Alves da Silva tem um entendimento parecido. “Enquanto não forem dirimidas as dúvidas e as dificuldades da rede do IPE Saúde, não tem como atender”, avalia. Segundo o servidor do Poder Judiciário, não é possível aceitar novos municípios sem cálculo atuarial prévio e a comprovação de que existe uma rede credenciada básica para atendimento na região. “Sem isso é jogar para a galera”, enfatiza.

A coordenação do SINPROSM, no entanto, não posiciona-se contra a adesão ao IPE-Saúde, mas quer contribuir na definição de um plano de saúde que atenda às necessidades dos professores municipais. A questão será oportunamente discutida com a categoria e com a administração do município.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>