Sinprosm quer posicionamento da administração municipal sobre reposição salarial
Coordenação do Sinprosm em visita a escolas com o convite para a plenária do dia 23. Na EMEF São João Batista, plano de saúde e piso salarial estiveram em pauta

Coordenação do Sinprosm em visita a escolas com o convite para a plenária do dia 23. Na EMEF São João Batista, plano de saúde e piso salarial estiveram em pauta

Tendo em vista a data-base para o reajuste salarial do funcionalismo público municipal em março, o Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria encaminhou ofício ao prefeito Jorge Pozzobom em 8 de fevereiro solicitando posicionamento da administração municipal quanto à revisão anual a ser encaminhada à Câmara de Vereadores. O objetivo é dar conhecimento do assunto à categoria durante a plenária que será realizada no próximo dia 23.

O piso salarial nacional do magistério foi definido pelo Ministério da Educação em dezembro com valor de R$ 2.455,35 a partir de janeiro, para jornada de 40 horas semanais. Atualmente, o básico do professor da rede municipal de Santa Maria é de R$ 1.062,33 para jornada de 20 horas. Ou seja, cerca de 15,5% abaixo do piso nacional. “Queremos debater com clareza sobre a defasagem que tivemos nos últimos anos. Sabemos que a situação fiscal do município possibilita o pagamento do piso. Não estamos reivindicando nada mais do que o cumprimento da lei”, adianta a coordenadora de Patrimônio e Organização, Martha Najar.

ASSISTÊNCIA EM SAÚDE

O Sinprosm começou nesta segunda-feira (19) a visitar escolas para convidar os professores a participarem do evento desta sexta-feira, às 15 horas, na AABB. A pauta central será a assistência em saúde, com a participação do presidente do Conselho Deliberativo do IPERGS, Luís Fernando Alves da Silva; da vereadora Luci Beatriz Duartes – Tia da Moto (PDT); e do funcionário público municipal Márcio Nunes Ferreira, conselheiro desde 1994 do Instituto de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Municipais de Santa Maria (IPASSPSM), secretário de política previdenciária da Federação dos Municipários do Estado do Rio Grande do Sul (FEMERGS) e vice-presidente da Associação Gaúcha de Instituições de Previdência Pública (AGIP).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>