Sinprosm se reúne com Procuradoria Regional de Educação, Smed e Conselho Municipal

A convocação para o encontro partiu da procuradora Rosângela Correa da Rosa após a entrega, por parte do Sinprosm ainda em fevereiro, de um dossiê contendo informações a respeito de irregularidades da Rede Municipal de Educação ocorridas no ano passado. A ideia da Procuradoria é realizar reuniões mensais entre as quatro entidades para resolver problemas da educação no município. No primeiro encontro, ocorrido na segunda-feira, as principais discussões foram sobre a realização das Reuniões Pedagógicas. Sobre o tema, a procuradora disse que seu desejo é que “se possa fazer planejamento e reuniões sem prejudicar os 200 dias letivos dos alunos”. As propostas da Smed e do sindicato, porém, serão discutidas novamente no próximo encontro.

Também foram discutidas algumas situações específicas de escolas do município. Os dados, colhidos pelo sindicato durante visitas às instituições de ensino e por preenchimento de um questionário pelas gestões escolares foram questionados pela Smed, que apresentou um relatório proveniente do Boletim Estatístico. A promotora, ao se deparar com os dados distintos, solicitou uma equipe multidisciplinar de perícia ao Ministério Público para analisar a situação.

Sobre o concurso público que será realizado neste domingo, considerado insuficiente pelo sindicato em relação ao número de vagas, a secretaria Silvana Guerino disse que acredita em um aumento do número de vagas e disse que há também a formação de um cadastro de reserva. A respeito dos problemas mais imediatos de falta de professores na rede, a Smed pretende solucioná-lo com a contratação em regime suplementar de docentes até que os professores provenientes do concurso sejam nomeados.

A próxima reunião entre as entidades está agendada para o dia 22 de abril.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *