Sinprosm solicita reunião com prefeito para tratar da revisão salarial

O mês de março chegou e os professores municipais de Santa Maria querem uma definição da administração do município sobre o índice de reajuste salarial. O Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria encaminhou nesta terça-feira (6) ofício ao prefeito Jorge Pozzobom solicitando agendamento de reunião para tratar dessa e das demais pautas de interesse do magistério.

O índice defendido pela categoria é o que repõe ao magistério de Santa Maria novamente o piso salarial nacional. O reajuste anunciado em dezembro pelo Ministério da Educação elevou o piso nacional para R$ 2.455,35 a partir de janeiro, para jornada de 40 horas semanais. Atualmente, o básico do professor da rede municipal de Santa Maria é de R$ 1.062,33 para jornada de 20 horas. A defasagem acumulada desde 2014, último ano em que o município atendeu a Lei nº 11.738/2008, chega a 15,5%.

No entanto, não é só isso. “Nossa coordenação defende o cumprimento integral da Lei do Piso. Isso inclui o percentual de 30% da carga horária para atividades extraclasse. Da forma como o calendário está estruturado, o professor está inviabilizado de fazer seu planejamento pedagógico”, realça a coordenadora de Patrimônio e Organização, Martha Najar.

O ofício 022/2018, que solicita a reunião, ressalta a realização de assembleia dos professores para o próximo dia 21 de março, quando a questão salarial será pauta principal.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>