Após paralisação, Executivo marca novo encontro com professores municipais

A luta pela aplicação da lei do piso salarial do magistério levou novamente os professores municipais de Santa Maria a paralisarem atividades nesta quinta-feira (12). Com a adesão total ou parcial de aproximadamente 70% de escolas, cerca de 400 pessoas concentraram-se na Praça Saldanha Marinho. Alunos, servidores municipais de outras áreas e professores da rede estadual agregaram-se ao movimento.

Pela manhã, os professores realizaram uma panfletagem no Viaduto Prefeito Evandro Behr e calçadão. À tarde, após o ato onde alternaram-se ao microfone profissionais de diversas escolas, o grupo caminhou pela Avenida Rio Branco e Rua Venâncio Aires, até a Centro Administrativo. Solicitada audiência, a administração municipal agendou reunião para o dia 18, com a presença do prefeito Jorge Pozzobom.

A coordenação do Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria considerou, até o momento, o resultado como satisfatório. “Estamos aqui para lembrar a administração do compromisso assumido. A categoria mostrou que está unida. Vamos para a reunião do dia 18 mais fortes do que nunca”, afirma a coordenadora de Organização e Patrimônio.

A categoria reivindica a equiparação do básico municipal com o piso nacional. Com os 2,95% de reposição inflacionária concedidos em junho (retroativos a março), o básico ficou em R$ 1.093,66. O piso nacional é atualmente de R$ 1.227,68.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>